Lula discursa pela 1º vez após pedido de prisão

O discurso do ex-presidente estava marcado para ontem (06 de Abril) as 16h, mas não aconteceu.
Em pronunciamento feito hoje (07 de Abril) no palanque montado em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo Lula afirma que o triplex no Guarujá não é dele e que a mídia, os investigadores e o juiz Sérgio Moro mentiram para a sociedade quando disseram que ele era dono do apartamento.

“Eu não tenho medo deles. Eu até já falei que gostaria de fazer um debate com o Moro sobre a denúncia que ele fez contra mim. Eu gostaria que ele me mostrasse alguma coisa de prova” – Luiz Inácio Lula da Silva

Lula discursa pela 1º vez após pedido de prisão
Imagem: Reprodução/Internet

Em outro momento de seu discurso o ex-presidente diz que seu único crime foi sonhar com um governo em que os pobres tivessem um papel importante na economia e acesso a educação de qualidade.

Chegando a parte final de seu discurso Lula disse que vai se entregar, mas não vai deixar de lutar para provar sua inocência. Criticou os membros do judiciário que tomam decisões baseadas na opinião pública, afirmando que eles devem deixar seus cargos e se filiar a um partido político.

Lula também convocou a população a assumir seu lugar na luta política:”Eu não pararei porque eu não sou mais um ser humano, eu sou uma ideia, uma ideia misturada com a ideia de vocês”. Disse ainda que cada um dos manifestantes agora era um Lula lutando por seus direitos.

Lula discursa pela 1º vez após pedido de prisão
Imagem: Reprodução/Internet

No encerramento do seu discurso o ex-presidente enfatizou que não vai “abaixar a cabeça” diante da situação, mas que vai enfrentar as acusações e “sair de peito estufado de lá” (se referindo a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba)

A expectativa é a de Lula se entregue ainda hoje a agentes da PF e seja encaminhado para Curitiba.Entretanto pessoas próximas ao ex-presidente afirmam que ele não vai se entregar, a ideia é que ele seja preso pela polícia.