Moradores de Itapemirim estão indignados com a situação da nova rodoviária

0
3081

img_9362

Moradores de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, estão indignados com a situação da nova rodoviária “João Bechara” na sede do município que foi inaugurada há mais de três anos e custou R$ 1,3 milhão aos cofres públicos e nunca funcionou; o espaço da rodoviária está todo depredado, sujo e virou moradia de andarilhos.

Por conta disso, os passageiros são obrigados a embarcar em um ponto improvisado na Praça Central da cidade. As passagens são compradas em uma lanchonete, que acaba servindo como um guichê improvisado para os viajantes.

No local já onde foram instalados todos os equipamentos necessários para funcionamento, como guichê, plataforma e roleta estão totalmente destruídos e servindo de abrigo para andarilhos. Entretanto, a rodoviária nunca recebeu um ônibus.

Conversando com seus colegas em um dos bancos da praça no centro de Itapemirim, o Sr. Benedito de oliveira, de 73 anos, não tem mais esperança de que terminal rodoviário funcione. “Não fizeram planejamento e por isso não colocaram para funcionar. A localização da rodoviária foi mal planejada, a rua é apertada e não tem como o ônibus manobrar”, avaliou o aposentado.

Entramos em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Itapemirim e até o fechamento desta matéria a assessoria não respondeu ao site.

Veja como está a Rodoviária “João Bechara” hoje! (clique na foto)

LEAVE A REPLY