Novos teste da Linha Verde acontece em junho

A faixa exclusiva para ônibus, táxi, vans e carros com mais de três pessoas será testada novamente na Enseada do Suá e na Praia do Canto. Após aprovar o primeiro teste e anunciar que a Linha Verde seria implantada de forma definitiva nas avenidas Nossa Senhora dos Navegantes, Américo Buaiz e Saturnino de Brito, a Prefeitura de Vitória decidiu fazer mais dois dias de avaliação.

Novos teste da Linha Verde acontece em junho

O novo teste vai acontecer no início do junho, numa quarta e quinta-feira, em data ainda a ser definida. De acordo com o secretário de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Tyago Hoffmann, a nova avaliação é necessária porque ajustes serão feitos no trânsito da região.

Nos primeiros testes, o trânsito ficou congestionado na Terceira Ponte, no sentido Vila Velha –Vitória, o que normalmente não acontece. O problema foi causado por conta do engarrafamento que se formou na rua Humberto Martins e na avenida Desembargador Santos Neves, na Enseada do Suá, o que também não é comum no fim da tarde.

“Percebemos a necessidade de fazer ajustes na Desembargador Santos Neves e na Humberto Martins. Estamos trabalhando nesses ajustes, modificando o tempo de semáforo e tempo de pedestres atravessando. Precisamos fazer um controle do trânsito que chega nas vias com a Linha Verde”, disse Hoffmann.

O trecho que passará por mais teste vai do Hortomercado, na Enseada do Suá, até a Ponte de Camburi, na Praia do Canto. De lá, a Linha Verde segue até o cruzamento entre a Dante Michelini e a Norte-Sul, onde o sistema já funciona de forma oficial.

Mesmo com diversas reclamações de motoristas, Tyago Hoffmann avaliou positivamente a expansão do sistema. “O primeiro teste foi um sucesso. O tempo feito pelo ônibus, que era de 41 minutos sem a faixa, diminuiu para 26. E não houve piora no congestionamento nessas vias”, disse o secretário.

A expectativa é de que a Linha Verde passe a funcionar na Enseada do Suá e na Praia do Canto, de forma oficial, ainda no próximo mês.