Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes

A única rampa que existe está fora das normas estabelecidas.

Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes

A dificuldade de se locomover pelas calçadas é um dos problemas enfrentados pelos pedestres em Marataízes. Calçadas desniveladas, quebradas, sem rampas de acesso e até com pequenos obstáculos para impedir a passagem são algumas das características do espaço onde os pedestres deveriam ter prioridade.

Porém uma nova calçada está sendo construída na Praia da Barra sem os critérios recomendados. Depois da destruição da praia após a erosão marinha, uma nova rua está sendo construída junto com uma calçada que seria no modelo “calçada cidadã”, mas ela não está sendo executada conforme o Decreto – n nº 1.641, de 31 de agosto de 2015(em anexo a matéria), publicado no mandato de interinidade do atual prefeito onde regulamenta a construção das calçadas na cidade.

Valdineia Alves Garcia usa cadeira de rodas desde a infância e reclama da falta de acessibilidade no bairro que mora, e principalmente na Barra, onde além das calçadas irregulares ainda existem os veículos que estacionam em locais inapropriados, bicicletas e obstáculos que atrapalham sua acessibilidade.

 “Eu acho difícil me locomover na cidade. Às vezes não tem rampa, quando eu quero atravessar a rua tenho dificuldades. É difícil, minha cadeira até quebrou. Tenho que andar onde os carros estão passando e eles não param pra gente passar”, relata.

No dia 31 de agosto de 2015 o Prefeito Robertino Batista, que na época estava interino, publicou o Decreto – N Nº 1.641 que dispõe da padronização de calçadas no território municipal, no Diário Oficial nº 1831_01_09_201 5, o decreto também homologa e estabelece como exigências a serem cumpridas pelo município e os cidadãos/proprietários de imóveis em Marataízes, das diretrizes para a padronização das calçadas em todo o território municipal atendendo ao conceito de Acessibilidade Universal da NBR 9050 da ABNT, nos termos do Anexo Único do Decreto.

A reportagem entrou em contato com o Secretário Municipal de Obras e Urbanismo Rhudson Carlo de Souza, antes das obras serem concluídas para saber o porquê as rampas não estavam sendo feitas, segundo o secretário seria a última coisa a ser feito e disse ainda que vai seguir ao decreto e construir as rampas conforme está publicado no Diário Oficial do Município.

https://marataizes.es.gov.br/uploads/Arquivo/Documents/DIA/dia_diario_oficial_no_1831_1_9_2015.pdf

Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes

Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes Prefeitura constrói calçada sem rampa de acesso a cadeirante em Marataízes