Prefeitura de Anchieta quita dívida com servidores comissionados

A dívida foi parcelada em duas etapas, totalizando R$ 1.155.000,00. Em junho uma parte de servidores já recebeu seus direitos. Com mais essa medida, prefeitura já quitou 13,8 milhões da dívida deixada pela gestão anterior.

0
100

Sede-prefeitura-Anchieta

A Prefeitura de Anchieta realizou ontem (26) o pagamento de rescisões trabalhistas de 124 servidores comissionados da gestão anterior. De acordo com informações da gerência de Recursos Humanos, foram destinados cerca de R$ 580 mil para quitar essa dívida, beneficiando diversas categorias.

Conforme acordo com a categoria, em junho foi efetuado o pagamento de outro grupo de funcionários, cujo valor pago foi de R$ 575 mil.

De acordo com o prefeito Fabrício Petri, a dívida com os servidores comissionados foi dividida em duas parcelas em virtude da crise financeira que afeta o município. “Em reunião com a comissão que os representava firmamos o compromisso em dividir a dívida em duas etapas. Este mês realizamos o pagamento do restante dos servidores e quitamos mais essa dívida”, explicou.

Pagamento dos DTS

Hoje também receberam os direitos trabalhistas servidores em regime de designação temporária, que tiveram seus contratos encerrados no final de junho. Foram beneficiados 278 funcionários, gerando um custo de R$ 612.212,00.

Segundo informações da Secretaria Municipal da Fazenda, com isso a atual gestão já quitou R$ 13,8 milhões dos cerca de R$ 100 milhões de dívidas herdadas da administração anterior. No final de 2016 grande parte dos servidores comissionados não recebeu seus vencimentos trabalhistas.

Cronograma de pagamento dos comissionados da gestão anterior:

Julho: Assistentes categoria A; coordenadores de turno; diretores escolares; subprocurador; gerentes operacionais, estratégicos e municipais; CEOT I e subprocurador.

Junho: Assistentes da categoria B a I; CEOT; coordenadores de escritório; coordenadores especiais e operacionais e todos os comissionados da Secretaria de Saúde.

LEAVE A REPLY