Quatro suspeitos são presos pelo envolvimento na morte do Professor em Jaguaré

Quatro pessoas foram presas, na tarde desta terça-feira (10), suspeitas de envolvimento em um crime de latrocínio no município de Jaguaré, no Norte do Estado.

A vítima, o professor e ex-secretário de Educação, Marcos Túlio Pariz foi encontrado morto dentro da casa que morava.

O corpo do professor de 48 anos foi encontrado por volta das 10h. A polícia logo suspeitou do crime de latrocínio porque o carro, a moto e outros pertences da vítima haviam sido levados.

Quatro suspeitos são presos pelo envolvimento na morte do Professor em Jaguaré
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

De acordo com o delegado, Rafael Amaral, o rapaz apontado como autor do crime é Carlos Charlis Oliveira de Freitas, de 18 anos, que confessou o latrocínio. Com ele, a polícia encontrou a chave do veículo da vítima, que foi localizado em um posto de combustível na localidade de Água Limpa.

Charlis também passou informações sobre o jovem que agiu junto com ele, Gabriel Ribeiro Santos, 18, que também foi detido.

Em seguida os policias foram até a residência de Lucas Ferreira Correia, de 24 anos, onde foi encontrada a motocicleta roubada. Na ação também foi detido Fabrício Silva Souza, de 28 anos. Com ele foi encontrado o restante do material roubado da vítima: TV, notebook e celular.

Carlos Charlis e Gabriel foram autuados por latrocínio. Já Lucas e Fabrício foram autuados por receptação. Todos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de São Mateus.

Quatro suspeitos são presos pelo envolvimento na morte do Professor em Jaguaré
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)
 Marcos tinha 48 anos e era solteiro. O velório dele acontece na sede do Sindicato Rural, no Centro da cidade. A prefeitura de Jaguaré decretou luto oficial de três dias e as aulas das escolas municipais foram suspensas nesta quarta-feira (11).